segunda-feira, 2 de junho de 2008

SOLIDÃO

SOLIDÃO


Acabou-se a noite.

Já não sei mais nada.

Já não tenho nada.

Já não sei os passos

Que vão sôbre as estradas.

No meu leito frio

Eu estou morrendo

Dentro de um quarto vazio!

Nazaré Varella

Niterói, o3 demarço de 1974

Nenhum comentário: