sábado, 18 de julho de 2009

Jõao Guimarães Rosa

"Quando escrevo,repito o que já vivi antes.E para estas duas vidas,um léxito só não é suficiente.Em outras palavras,gostaria de ser um crocodilo vivendo no Rio São Francisco.Gostaria de ser um crocodilo porque amo os grandes rios,pois são profundos como a alma de um homem.
Na superficie são muito vivazes e claros,mas nas profundezas são tranquilos e escuros como o sofrimento dos homens."

Um comentário:

Barbara Bastos disse...

Ohh...adorei.
Lindas palavras. Ler algo repleto de sentimento acalenta nossa alma, refrigera nossos instintos primários. Gostei muito do teu blog. Vou passar aqui mais vezes.
Olha, tb tenho um blog, desde já te convido a conhecer: Ideias de Barbara.

Mil beijos
Barbara