sexta-feira, 5 de junho de 2009

CRIANÇA

SONHO

Deitado no banco da praça
Pois não tenho onde morar
Sou filho da noite irmão do dia
Nos sonhos vivo a nanar.
Nanar os anseios e desejos.
De quem não tem lar nem pão.
Vivo triste abandonado.
Perdido na escuridão
O meu sonho é o mais simples
pois sei que podem resolver.
Com crianças abandonadas
O Brasil não vai crescer.
Meu país! Tão sublime e contente
Terra rica de muitos carentes.
Onde exporta grandemente
Nos deixando tão faminto.
Famintos de pão,saúde e moradia.
Educação.
Vergonha Nacional.
Analfabeto aprovado no vestibular.
Deus! Onde cantarei o Hino Nacional.
Orgulho de muitos brasileiros
Quando ver a Bandeira levantar.
Terra rica de cultura e raça.
Mas...que pena!
crianças abandonadas nas praças.

Nazaré Varella

3 comentários:

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Olá, Nazaré...

com muito carinho venho agradecer tua visita, por ser seguidora do meu blog. E pela oportunidade em "te encontrar" também e conhecer este teu espaço, que achei tão lindo.
Quanto ao teu poema Crianças, é muito bonito, apesar de um lamento tristonho de uma realidade cruel. Virei muitas vezes, porque senti o quanto vale a pena! Também gostaria de te "ver" mais vezes no meu.
Carinho e bjs.

Bergilde Croce disse...

Pesquisando pelo Ig,encontrei seu blog e agora ja estou seguindo porque gosto do conteudo e do modo como aqui é escrito.Parabéns!